Sábado, 20 de Julho de 2019

Cidades

Quarta-Feira, 05 de Abril de 2017, 07h:37

INVESTIMENTO EM CUIABÁ

CVM alertou o mercado em 2015 sobre atuação da Trade Invest

Jô Navarro

A Trade Invest, por meio de seu diretor Luiz Roberto Pessoa Gonçalves, causou grande constrangimento ao prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro,  que chegou a anunciar a construção de uma filial do Hospital Israelita Albert Einstein em Cuiabá.

Durante a coletiva de imprensa na terça-feira,4, Luiz Pessoa alegou ‘falha de comunicação’ em audiências rápidas que teve com autoridades para tratar do investimento do grupo em Cuiabá. Mas o que ficou evidente é que o Sr. Luiz Pessoa tentou impressionar as autoridades mencionando o Hospital Israelita Albert Einstein. Acabou induzindo a erro o prefeito Emanuel Pinheiro. No mesmo dia que o prefeito anunciou o investimento da empresa em coletiva de imprensa, o Hospital Israelita negou qualquer plano de expansão em Cuiabá.

O Caldeirão Político constatou que a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) publicou um alerta em seu portal sobre a atuação irregular da Trade Invest no mercado. A CVM também publicou no Diário Oficial da União (DOU) nº 124, de 02-07-15, a deliberação Nº 737, alertando investidores e cobrando da empresa que se abstivesse de "ofertar ao público quaisquer títulos ou contratos de investimento coletivos sem os devidos registros (ou dispensas deste) perante a CVM, alertando que a não observância da presente determinação acarretará multa cominatória diária, no valor de R$5.000,00 (cinco mil reais), sem prejuízo da responsabilidade pelas infrações já cometidas, com a imposição da penalidade cabível, nos termos do art.11 da Lei nº 6.385, de 7 de dezembro de 1976".

Outro lado
Nesta quarta-feira, 5, não conseguimos contato com o diretor da Trade Invest em Cuiabá. O site está à disposição para publicar seu posicionamento sobre o alerta da CVM.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO