Quinta-Feira, 23 de Novembro de 2017

Brasil

Terça-Feira, 12 de Setembro de 2017, 17h:21

PMDB

Quer que eu desenhe?

Reprodução

Atuação do PMDB dois organogramas

À la Power Point de Deltan Dallagnol, a Polícia Federal incluiu em seu relatório sobre a atuação do PMDB dois organogramas para ilustrar a atuação de Michel Temer no “quadrilhão” do partido. A diferença desta vez, é que em vez de Lula, as flechas apontam Temer.
Em outro gráfico, a PF tenta ilustrar o papel das empresas no “quadrilhão” do PMDB.

A conclusão da investigação sugere que Temer tenha recebido vantagens de R$ 31,5 milhões — o que ele nega. O relatório da PF servirá para embasar nova denúncia do procurador-geral, Rodrigo Janot, contra o presidente.
Além de Temer, o inquérito mira os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria-Geral) e os ex-deputados Eduardo Cunha (RJ), Geddel Vieira Lima (BA) e Henrique Alves (AL).

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO