Terça-Feira, 23 de Julho de 2019

Brasil

Sábado, 22 de Junho de 2019, 08h:54

DOENÇA É NO SETOR PÚBLICO

Lava Jato destruiu empresas, diz executivo

Redação

Reprodução

João Carlos Saad

“Antes de você prender uma pessoa, investigue. Busque provas, comprove aquilo. E depois você prende. Senão você vai destruindo carreiras, profissões, nomes, empresas, setores”, disse o presidente da Rede Bandeirantes, Johnny Saad, em crítica à Lava Jato, durante evento realizado pelo canal BandNews com empresários brasileiros esta semana. Saad afirmou que o combate à corrupção não pode “destruir empresas nacionais”.

Ele destacou que a crise no Brasil não é resultado “só de problemas econômicos” e criticou a atuação da Lava Jato. “A elite que está aqui sentada, com o Poder Judiciário, com o poder Legislatico, com a CGU, tem instrumentos para que possa se revolver isso.

Saad lembrou também que “nenhuma das empresas internacionais que se envolveu no escândalo da Petrobrás ou em outros escândalos foi destruída. Penalize quem fez, mas não se penalize a empresa”, completou, lembrando o caso da Odebrecht que, esta semana, pediu recuperação judicial de quase R$ 100 bilhões, após demitir metade de seu quadro de empregados.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO