Quinta-Feira, 23 de Novembro de 2017

Artigos
Terça-Feira, 22 de Agosto de 2017, 18h:49

POLÍTICA

"Não precisamos de crentes no governo, mas pessoas com princípios", diz Cláudio Duarte

Cláudio duarte

Reprodução

Pastor Cláudio Duarte

O governo do Brasil não precisa estar nas mãos de um evangélico, mas de alguém que carrega princípios, de acordo com o pastor Cláudio Duarte.

"Eu não preciso de crente no poder para me proteger. Para isso eu tenho Deus. Eu preciso de pessoas com princípios para respeitar a todos", disse ele na abertura da 13ª Expo Cristã, em São Paulo.

O pastor se baseou na história de José, que governou o Egito por sete anos a fim de beneficiar os egípcios, porém, mantendo "princípios e valores inegociáveis".

"Preciso colocar um crente na presidência? Não. Eu preciso colocar alguém que trabalhe para o cidadão e que respeite a todos. Deixe que no poder da oração e do Espírito a gente segura", afirmou Duarte.

O pastor afirmou que evangélicos governantes que estabelecem direitos desiguais podem arcar com as consequências.

"José ampliou os celeiros do Egito e mudou toda sua estrutura de plantio e colheita durante sete anos. Não havia nenhum hebreu além dele. O povo que estava comendo e sendo beneficiado era pagão. Depois desse período, ele ampliou a provisão para as nações vizinhas, que também não adoravam a Deus", comentou.

"Esse é o nosso problema, a gente acha que tem que colocar crente [no poder]. Mas temos que colocar gente que tem valores e que vai ouvir a voz de Deus — não estou falando de religião", acrescentou.

Duarte ainda criticou o ensino da ideologia de gênero nas escolas. "Nós não colocamos nosso filho no colégio para ser doutrinado. Colocamos nosso filho no colégio para aprender matemática, português, inglês. As outras coisas a gente ensina em casa", destacou.

"Vamos orar direitinho para Deus colocar alguém temente, com princípios, com valores e com capacidade", ele pediu ao público formado por pastores e líderes. "O restante, deixa que a gente 'arrebenta' no joelho".

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO